JoomlaTemplates.me by Discount Bluehost

O Iesma e os 400 anos de São Luís do Maranhão

Publicado: Quarta, 17 Outubro 2012

 

A semente do Logos divino lançada por esses missionários regou o solo do Maranhão, produziu o fruto do conhecimento da religião cristã e continua produzindo os frutos de homens e mulheres dispostos a anunciar este mesmo Evangelho nos dias atuais.

Partindo deste acontecimento histórico, que aponta para o impulso do espírito cristão brotado do Evangelho há 400 anos, convém dizer que o IESMA é fruto desse desfecho histórico-religioso.E o é, porque na origem desta Faculdade Católica está o zelo pelas coisas de Deus refletido no desejo dos Bispos do Maranhão de terem cogitado já na década de 50 do século XX, dentre outras iniciativas, a criação de uma Universidade Católica que promovesse a cultura superior do povo maranhense. Com efeito, em carta pastoral coletiva dos excelentíssimos e reverendíssimos senhores Arcebispo Metropolitano e demais Bispos da Província Eclesiástica do Maranhão de 1960, lê-se: “Desde 1952 temos discutido os problemas da Arquidiocese (...). A consciência nos atesta que a vida espiritual do Maranhão vem melhorando. Queremo-la sempre mais vigorosa e esperamos que o Senhor nos assista a cada instante. (...) estamos tratando da Universidade Católica do Maranhão. Este é o objeto do documento coletivo”.

Dada, pois, a preocupação dos Pastores da Igreja local, foi fundada, em 29 de janeiro de 1955, a SOMACS (Sociedade Maranhense de Cultura Superior) como a Mantenedora dos empreendimentos de natureza formativo-educativa. Começava, assim, a concretizar-se o sonho eclesiástico em prol da formação cultural dos maranhenses.

Nesse contexto, insere-se, pois, o IESMA, o qual como parte integrante desta história da Igreja do Maranhão é hoje uma “instituição de ensino superior privada, confessional, integrante do sistema federal de educação que visa a formação de profissionais voltados para o desenvolvimento integral da pessoa e da sociedade”. Sendo assim, o IESMA ao ser criado pela Sociedade Maranhense de Cultura Superior – SOMACS – tem como “propósito a promoção do desenvolvimento humano, através da formação e aperfeiçoamento de profissionais éticos e competentes, da produção do conhecimento e da prestação de serviços relevantes à comunidade maranhense. Enfim, faz parte de sua missão a formação de presbíteros, agentes de pastorais, pesquisadores e docentes, capacitando-os à reflexão sobre as diversas matrizes filosóficas, religiosas e educacionais, analisando criticamente as influências destas, sobre a realidade nas quais estão inseridos, habilitando-os a agir em favor do desenvolvimento integral da pessoa e da construção de uma sociedade pluralista, democrática, justa e solidária”.

De base nestes princípios e valores voltados para a educação da sociedade maranhense, cabe dizer que o IESMA contribui construtivamente com a história dos 400 anos de São Luís por ser um sinal expressivo do dom de Deus nesta ilha no que se refere à educação do homem em nível de cultura, de intelectualidade, de humanidade e de santidade. Enfim, o IESMA continua contribuindo com a história dos 400 anos de São Luís ao ser esta prova concretizada do empenho do Episcopado maranhense da então Província Eclesiástica do Maranhão na promoção educacional deste Estado.

Graças ao esforço da SOMACS e, portanto, dos bispos do Maranhão do século XX e dos bispos atuais, o IESMA se alegra com os 400 anos de São Luís e agradece a Deus a contribuição dada até hoje em benefício do povo do Maranhão e da sociedade em geral.

Que a Sabedoria divina continue moldando este Instituto de Estudos Superiores a ser no Maranhão e no mundo espaço de crescimento humanístico, onde homens e mulheres se apaixonem sempre mais pela Verdade.

Ademais, dado que toda ação de graças é um ato de agradecimento prestado a alguém, penso então ser oportuno por ocasião dos 400 anos de São Luís terminar dizendo: Obrigado, Senhor, pelos leigos (as) formados neste Instituto e que hoje contribuem com a educação do povo maranhense! E obrigado também, Senhor, pelos sacerdotes e bispos formados neste Instituto, e que hoje estão a serviço do Teu Reino na condução do povo maranhense pelas coisas do alto.

Fr. José Luís Leitão

Diretor Acadêmico

 

 

 

Acessos: 2127